Facebook Page – Data’s Light

Pessoal, venho através deste post comunicar a vocês a criação da minha página no Facebook.

Nela pretendo manter informações, posts e vídeos sobre eventos, novidades e novos posts sobre conhecimentos técnicos.

Peço a vocês que deem o Like e Sigam para que assim consigamos continuar aprendendo e trocando informações juntos.

Grande abraço!

Atenciosamente,

Arthur Luz | Data’s Light.

Anúncios

Report Services 2016 / Datazen Beginning – Parte 13

Pessoal, ontem tive acesso por parte de um amigo da comunidade Microsoft (que é um dos PFEs da equipe técnicas) ao assistente de migração do Microsoft Datazen para o Report Services 2016.

O aplicativo, que foi anunciado assim que o SSRS foi disponibilizado com a integração ainda está em Preview, porém já realizei alguns testes e queria compartilhar a experiencia de usabilidade da ferramenta.


Primeiramente, é necessário fazer o download da ferramenta no link.  É necessário estar com o .NET Framework 4.0 instalado. O programa pode ser instalado em Windows 10, Windows 8, Windows 7 e Windows Server 2012 e 2012 R2.

Para acompanhar o post será necessário que você tenha um servidor do Datazen e o SSRS 2016. Utilizei ambos na mesma máquina virtual com windows Server 2012 R2. 

11

Após realizada a instalação, abra a aplicação:

01

Inicie a migração pressionando o botão Begin. Feito isso, preencha os dados relacionados ao servidor do Datazen de onde vêem os Data Sources, Data Views (serão convertidos para Data Connections e Data Sets) Dashboards e KPIs.

Siga o modelo a seguir:

02

Datazen Core Service Location – Nome ou IP do servidor em que o Serviço do Datazen Core Services está instalado.

API Port – Opção Default.

Management Port – Opção Default.

Instance ID – ID único que é gerado na instalação da ferramenta.

Encryption Key – Chave de criptografia gerada na instalação da ferramenta.

Obs – Na opção Datazen Core Service Location não há a necessidade de dizer a porta, pois o Serviço de migração não irá entrar no Web Server. O que o assistente de migração irá realizar é a leitura do RavenDB (Banco de dados NoSQL onde os dados do Datazen ficam armazenados) para captura das informações.

Obs 2 – Para saber mais sobre a Instance ID e a Encryption Key, leia a Parte 3 do conjunto de Posts sobre o Microsoft Datazen.

Após se conectar à origem (O Core services), será necessário fornecer os dados relacionados ao Servidor do Report Services 2016. Siga o passo a passo abaixo:

03

Web Portal URL – Endereço Web do SSRS 2016 (a porta aqui é importante caso não seja a porta default).

Use current Windows account – Usado para utilizar a conta atual do windows para conexão ao SSRS 2016.

Username e Password – Usuário e Senha para conexão ao SSRS 2016 caso o Checkbox anterior não seja marcado.

Domain (Optional) – Caso a conta fornecida seja uma conta de domínio.

Após realizada a conexão ao servidor do Report Services 2016, Será necessário selecionar um diretório dentro do SSRS para migrar os dados do Datazen. Não é possível levar os dados para a pasta raiz. É necessário ter um diretório criado para o armazenamento.

04

Apos selecionada a pasta, a próxima etapa será para escolha dos objetos a serem migrados:

05

Observe na imagem que a ferramenta não faz menção à Data Sources e Data Views. Eles são levados como Data Connections e Data Sets automaticamente de acordo com a dependência dos objetos selecionados.

Outro ponto importante é que é possível realizar a seleção de Pastas especificas dos Dashboards, de Dashboards específicos. É possível também realizar o mesmo para os KPIs.

Após clicar em Migrate uma nova janela será aberta perguntando se você está pronto para a migração e a quantidade de itens que serão migrados.

06

Selecione a opção OK e a migração irá ser iniciada.

07

Após o termino da migração, o assistente irá apresentar uma mensagem dizendo quantos itens foram migrados com sucesso.

08

Após isso, ao realizar o acesso ao Report Services 2016 será possível realizar de imediato o consumo das análises que em outrora estavam dentro do servidor do Microsoft Datazen.

09

10

Pontos de observação:

  1. ainda não realizei o teste em uma migração em que o Data Connection e/ou o Data Set já esteja criado dentro do SSRS 2016. Porém, pelo que percebi, acredito que ele faria até o presente momento uma duplicação desses objetos.
  2. Realizai os testes com Dashboards ligados pelo Drill Through e um dos data views paramentrizados. Tudo funcionou corretamente dentro do SSRS 2016. Para mais informações acesse a Parte 8 e Parte 9 do conjunto de posts.
  3. O usuário responsável pelo conexão à origem dos dados dentro do Datazen será criado dentro do SSRS 2016, porém, por questão de segurança, sugiro a mudança para  um outro usuário que esteja no AD pós migração.